(82) 993643802

NO AR

MUSICAL

www.saoluiswebalagoas.com

Alagoas

Óbitos por Covid-19 em pessoas sem comorbidades chegam a 6,87% em Alagoas

Publicada em 22/05/20 as 13:31h por São Luis Web Alagoas - 5 visualizações


Compartilhe
   

Link da Notícia:

 (Foto: São Luis Web Alagoas)

O boletim do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Alagoas (CIEVS/AL), emitido nessa quinta-feira (21), mostra que, do total de 262 óbitos registrados no estado por Covid-19, 18 vítimas não apresentavam comorbidades, o que equivale a 6,87% dos pacientes. O dado, no entanto, reforça o alerta de que ninguém está imune à doença errática.

Não é preciso, como explicam especialistas, integrar os grupos de risco - faixa etária acima de 60 anos ou histórico de patologias diversas, como diabetes, hipertensão arterial e disfunção renal, dentre outras - para ser alvo letal do ataque invisível do novo coronavírus.

"Não há como afirmar, com certeza, o porquê de os jovens estarem sendo acometidos pelas formas graves e, até, indo a óbito pelo novo coronavírus, visto que se trata de uma doença nova, cuja fisiolatologia - ou seja, as alterações que ela provoca no organismo humano - ainda não está elucidada", explica a Dra. Marília Magalhães, especialista em Emergência do Hospital Escola Dr. Helvio Auto. 

O CIEVS esclarece que, apesar de os boletins diários trazerem uma taxa percentual mais elevada nos últimos dias - com aproximadamente 35% das pessoas que vieram a óbito sem apresentar doenças prévias -, os dados enviados, no primeiro momento, são revisados posteriormente pelas unidades hospitalares. Após a devida correção, o índice real tende a diminuir, mas o fato não minimiza a preocupação.

Faixa etária

Outro equívoco comum associado aos riscos da pandemia reside na ideia de que os jovens seriam mais imunes à doença. Engano fatal. Os números mostram outra realidade. Em Alagoas, o maior índice de contaminação se encontra nas pessoas com idade entre 30 e 49 anos. Dos 4.916 casos confirmados no estado, 45,7% estão nessa faixa etária. 2.241 indivíduos contaminados. É quase a metade.

Ao ampliar a estatística para o espectro entre 0 e 49 anos, o número chega a 3.015 casos, com o percentual a ultrapassar a marca dos 60%. "O que podemos pensar é que pacientes jovens e previamente saudáveis que desenvolvem formas graves tenham sido expostos a uma carga viral muito elevada, tenham alguma predisposição genética para a doença, alguma comorbidade prévia desconhecida ou algum comprometimento do sistema imunológico anterior, do qual também não se sabia", avalia a médica.

Independentemente de apresentar ou não comorbidade, 56 pessoas entre 0 e 49 anos já perderam a vida por Covid-19 no estado em apenas dois meses de pandemia. Um percentual de 21,3% do índice total de óbitos. "Tendo isto em mente, não há nenhum indivíduo com risco nulo para a contaminação e desenvolvimento da doença, seja ela leve, moderada ou grave, sendo imprescindível o reforço do distanciamento social para aqueles que podem ficar em casa", orienta a doutora Marília Magalhães.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:


Enquete
O que achou de nosso site??

 Show
 Bom
 Regular
 Ruim







.

LIGUE E PARTICIPE

(82) 988708827

Visitas: 169119
Usuários Online: 15
Copyright (c) 2020 - São Luis Web Alagoas